terça-feira, 31 de julho de 2012

Campanha "Xô H1N1"

A profa; Thaís, antes do encerramento do semestre, realizou com seus alunos do 1º ano - turma Azul um trabalho de conscientização sobre a campanha "Xô H1N1" .Os pequenos demonstraram suas preocupações através dos seguintes desenhos.





segunda-feira, 30 de julho de 2012

Entenda as diferenças entre resfriado, gripe e alergia!



Fonte: blog Claudia Tenório -Programa Vida Melhor da Rede Vida (canal 22-NET

Gente! Esse programa é muito bom e a apresentadora conduz com propriedade as perguntas ao entrevistado. Vale a pena assistir e repassar essas informações para toda a família.
Proteja sua saúde e de quem você ama!

*Últimas notícias: No Rio Grande do Sul, 47 pessoas já morreram por causa da gripe H1N1.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Atenção,professores!

CURSO: O CURTA-METRAGEM COMO RECURSO DIDÁTICO
Caros professores,

o prazo para encerramento do Concurso Procura-se Professor-Autor foi prorrogado até08/10/2012!

Aproveitaremos o período de férias para, com a parceria executiva do Instituto Paramitas, presenteá-los com um curso online totalmente gratuito* que o auxiliará a utilizar os curtas em sua sala de aula!

Leia nossa programação abaixo e inscreva-se o quanto antes neste formulário!

As inscrições para o curso estão abertas até o dia 27/07/12.

Clique Aqui para ler o regulamento da Campanha Procura-se Professor Autor.

*Caso o participante queira o certificado impresso pelo correio, pagará uma taxa para os custos.



Apresentação

Esse curso visa à formação de professores para a utilização de curtas-metragens brasileiros em suas aulas, com os filmes disponíveis no site “Curta na Escola” –www.curtanaescola.org.br. Por ser em EAD (Educação a Distância), você, professor, poderá fazer o seu horário e realizar o curso de casa, da sua escola, ou do local que você preferir.

Serão apresentados alguns curtas brasileiros e algumas práticas pedagógicas possíveis e, após isso, o professor escolherá uma das práticas para adaptar em sua aula ou poderá propor uma nova.

Além de tudo isso, ao final, o professor inscreverá o relato de sua aula no site e concorrerá ao prêmio de R$1000,00 que será dado ao melhor relato, ou o de R$ 500,00 que será dado para os quatro melhores relatos seguintes. A escola que tiver o maior número de inscritos ganhará um retroprojetor.

Não deixe de participar! Além do prêmio em dinheiro, sua escola poderá se beneficiar e você terá mais um certificado para acrescentar em seu portfólio e currículo! Se inscreva e incentive os seus colegas a fazerem o mesmo. 


Programação



Duração: de 01/08/2012 a 28/09/2012


Carga horária: 30 horas (com certificação)
1ª Etapa (8 horas) – Apresentação do projeto “Curta na Escola” e do Concurso “Procura‐se Professor‐Autor!”, bem como do curso a ser desenvolvido. Acesso aos curtas e aos planos de aula sugeridos.

Atividade de fórum sobre as primeiras impressões com relação aos curtas e aos planos de aula.
2ª Etapa (8 horas) – Escolha de um dos curtas e adaptação ou criação de um plano de aula.
3ª Etapa (8 horas) – Aplicação do plano de aula adaptado ou criado na etapa anterior com os alunos e inscrição do relato no site www.curtanaescola.org.br e na plataforma do curso.
4ª Etapa (6 horas) – Avaliação final e exploração de outros curtas como recuso didático eficaz para as aulas.
Atenciosamente,

Equipe Curta Na Escola

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Formação continuada para os professores antes do recesso escolar

Violência doméstica

Profa. Lilian Braz




Conselho Tutelar- Conselheiras do Centro e Zona 1 
Dúvidas em relação aos encaminhamentos para o ConselhoTutelar 

- Uso do blog e redes sociais na nossa escola

Profa. Maria do Carmo O. Monteiro 

                                     


                                      Técnica: Livre escolha - Comparação ao o uso das redes sociais




A metodologia e os conteúdos tratados nas aulas de Ensino Religioso

Profa.Magda -Ensino Religioso 





Mensagem para exemplificar o trabalho realizado



Leitura e interpretação nas diversas disciplinas
Profa. Elaine Silva -FURG




Atividades interativas








sábado, 14 de julho de 2012

Encerramento do Curso sobre Tecnologias de Informação -NTE


Nove professores da nossa escola participaram do Curso sobre TICs na Educação no NTE de Rio Grande que encerrou no dia 13 de julho. O curso foi ministrado por José Roig e Janaína Martins.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Opiniões importantes: educação e redes sociais

Estamos publicando a crônica de Marcela Momberg sobre a Educação de hoje e as redes sociais.
Abaixo o link recomendado por José Roig do NTE Rio Grande
http://marcelamomberg.wordpress.com/
Se quiser a tradução do espanhol para português acesse o link e clique no "Tradutor" do Google


“SI NO ESTÁ EN WIKIPEDIA, NO EXISTE”

Es la frase que una alumna de séptimo básico me dijo hace unos días atrás. “Si no está en Wikipedia no existe”, refleja  la valorización que los “nativos digitales” hacen de su espacio normal de aprendizaje , de comunicación, de creación ,  la “nube” donde pasan gran parte del día y a la que vive siempre conectados. Las redes que los unen, que  crecen y se retroalimentan continuamente.
Si les diéramos una tarea de investigación, nuestros alumnos de manera inmediata lo ” googlearían” o le preguntarían a sus amigos en las “redes”
Las redes sociales  son su forma natural de comunicación, todo sucede en ellas, nuevas amistades, campañas, comunidades, “pololeos” , todo es público y publicable.  Según  una investigación del Ministerio de Educación Argentino, los jóvenes pasan más de 3 horas diarias en las redes, el 80% de ellos, están entre 12 a 30 años, un 50% las visita día por medio un 30% a diario.
 Un 95% no cree en los riesgos que puede tener Internet, peligrosamente (debido a que la Educación formal no las incorpora)  un 90% se siente inmune a lo que pueda encontrar , un 75% cree en  “todo” lo que dice la red , lo que se agudiza al conocer que un 90% dice que en su casa “no hay reglas de uso”. Entonces ¿Cómo se educan los nativos  digitales? Actualmente, solos.
  La pregunta que nace de fondo ¿Hasta cuando se mantendrá esta realidad? ¿Quiénes serán los encargados de liderar, educar, orientar a los nativos digitales? Si la educación formal las excluye, las limita y hasta “estigmatiza”.
  ¿Cuando se iniciará una Educación en las redes sociales?, orientando a los jóvenes a discriminar los contenidos, la mega información que nace, se genera a diario es de tal magnitud, que abruma.
No sólo orientar sino que también fortalecer el liderazgo positivo, empoderando las soluciones comunitarias, fortaleciendo sus habilidades innatas, generando una sinergia positiva que aporte y sume. La tarea de los educadores en la actualidad no sólo esta centrada en dominar contenidos específicos  sino que en desarrollar las habilidades necesarias para poder “Educar en las redes sociales”. Que mejor escenario, alumnos felices de estar conectados, deseosos de participar, colaborar, abiertos al aprendizaje , a la creación, innovadores por naturaleza, en medio de un mar de oportunidades, de conocimientos, de emprendimientos.
Educar en las redes sociales implica , responsabilizarse por los contenidos que se emite o RT, personalizar , individualizar sus comentarios, con su imagen junto a una breve descripción que los identifique, como siempre les digo a mi alumnos “ eres lo que escribes”. Educar es enseñarles a discriminar contenidos, contrastar fuentes diversas, colaborar con la solución de problemas, conectarse con quienes pueden entablar una relación colaborativa de mutuo desarrollo.
Hace días @HannalsBack , Hanna les dio una charla genial a alumnos de tercer año, no sólo los motivo a crear , innovar sino que también a creer en ellos. Al final de su intervención los alumnos de manera individual les expusieron sus proyectos desde nuevas redes sociales, grupos en Facebook hasta juegos online
Educar en las redes sociales es conectar a los nativos digitales con quienes lideran sus intereses, generando una sinergia positiva de mutuo colaboración. ¿Quienes son los encargados de hacer el nexo? Los profesores, es nuestro deber potenciar las habilidades digitales fundamentales para que nuestros alumnos se desenvuelvan eficazmente en el mundo globalizado.
 Sin embargo, ¿Cuántas universidades tiene en su mala curricular, el uso de Tics en el aprendizaje? ¿Cuántos profesores conocen, participan, de las redes sociales? ¿Cuántos están abiertos a educar a  nativos digitales? Por esencia, críticos, empoderados, conocedores de la web, participativos, informados.
 Hay un abismo gigante entre la Educación tradicional, los profesores que forman las Universidades y la manera en que los jóvenes se comunican y aprenden. Es hora de unir ambos mundos, sino nos exponemos a que aprendan y creen un mundo donde no estaremos presentes.
PARA TODOS OS MEUS ALUNOS!

      APROVEITEM ESTAS FÉRIAS, ELAS SERÃO ÚNICAS!!!!!
                                                        Profª Magda

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Professores participaram de Seminário "Boas Práticas Digitais"

Saímos às 7h da manhã, clareando o dia, para a vizinha cidade de Pelotas. O objetivo era participar do 2º Seminário sobre Práticas Digitais nas Escolas. A previsão do tempo era nublado sujeito a chuvas ao longo do dia. 

No auditório da Escola Técnica Estadual João XIII,professores das cidades de Bagé, Rio Grande, Pedro Osório, Santa Vitória do Palmar e da cidade- anfitriã Pelotas trocaram experiências sobre  o tema durante todo o dia. 
Cada vez mais as ferramentas como os blogs, sites e redes sociais estão sendo utilizadas como recurso para motivar, registrar, pesquisar e divulgar os trabalhos realizados com os alunos. 
Entre os exemplos um, em especial, me chamou a atenção e sugiro aos colegas professores que o acessem para verem como é possível e interessante o trabalho realizado na Escola Lília Neves numa iniciativa da profa. Ana Paula dos Santos http://fisicafotograficaln.wordpress.com/ Ela incentivou os alunos a fotografar o cotidiano e uniu o prazer aos conhecimentos de física e de disciplinas como a literatura,o português e outras. 
A experiência da profa. Stephany Hepp Wieth (P. Osório) também foi válida. Ela criou com os seus alunos um vídeo  de "curtíssima metragem" da qual participaram de um Concurso e tiraram o 1º lugar no júri popular, inclusive recebendo Menção Honrosa da Câmara Municipal.   Vídeo : A cor do tempo http://www.clarocurtas.com.br/acervo/vencedores-3-edicao
Imagine que com poucos recursos as escolas conseguem realizar trabalhos muito bons se houvesse investimento na educação de qualidade muito mais seria possível realizar.
As grandes dificuldades no acesso às tecnologias de informação é que deparamos com falta de técnicos para preservar e agilizar esses recursos aos alunos, a internet nem sempre atende a demanda, os computadores ainda são poucos para o número de alunos por escola e precisam de assistência técnica permanente, além disso é necessário a oferta de mais cursos de formação continuada para os professores.
O Seminário encerrou-se com uma belíssima apresentação do coral "Cantarolando".





'
Coral "Cantarolando"

terça-feira, 10 de julho de 2012

Ubuntu pra ti!

Gurias, gostei tanto que me peguei sorrindo ao imaginar uma cena dessas.E, confesso que gostaria de presenciar uma atitude semelhante em nossos pequenos. Caso já a tenham vivido, compartilhem para que possamos sorrir mais. Eu, com certeza, já vivenciei muitas ações solidárias semelhantes a esta ao longo do meu caminho no magistério. Ubuntu pra ti!

                                                        

quinta-feira, 5 de julho de 2012

O melhor remédio





O clima do Rio Grande do Sul é uma prova de resistência física à toda a população. Na semana passada chegamos aos 30º C e alguns desfrutaram de momentos na beira da praia. Sabíamos que essa alegria não duraria muito tempo, logo o nevoeiro chegou e com ele a imensa umidade. 
Um aviso é indispensável: Você está suscetível às gripes e infecções respiratórias. Proteja-se!
É só acompanhar os noticiários para saber que a H1N1 voltou a atacar e inclusive já provocou  15 óbitos no Estado até o momento, ou seja, se NÓS não levarmos a sério os cuidados de prevenção PODEMOS desencadear uma epidemia.
Os órgãos de saúde já estão monitorando e caso aumente os focos de infecção e o número de óbitos, consequentemente, será acionado o alerta máximo, mas para que esperar para ver? As medidas para auxiliar na prevenção são tão simples, por que não executá-las?
Na intenção de orientar às pessoas, o Programa "Bem Estar" da Rede Globo foi direcionado para este tema. As orientações de médicos especialistas foram claras e objetivas, então para quem não pode assistir encaminhamos aqui o link: http://globotv.globo.com/rede-globo/bem-estar/t/infectologia/v/alcool-gel-e-importante-aliado-para-prevenir-a-gripe/2022833/ 


Vale a pena prevenir: por nós e pelos nossos!